vialgarve                   
vialgarve                            Tiago Torégão
Navigation Map
e-mail vialgarve

webmaster JNN
Legislativas 2005

Com o aproximar das eleições legislativas, os diferentes partidos políticos começam aos poucos a apresentar as suas linhas programáticas e a explicar aos portugueses o que pretendem fazer nos próximos quatro anos. Com excepção do CDS/PP, que à data em que escrevo o artigo, não deu ainda a conhecer o programa aos portugueses, e do Bloco de Esquerda, que apresenta um conjunto de medidas avulso, pelo que o referido documento não se pode sequer chamar de programa, os restantes partidos políticos, na boa tradição de grandes partidos que são, dão-nos a conhecer um conjunto de medidas que, fruto de muito trabalho, valia a pena conhecer com mais profundidade. Digo com mais profundidade, primeiro porque, à excepção do PSD, que num esforço de credibilização do projecto que apresenta e face a todas as peripécias que envolveram o governo nos últimos meses, se apresenta aos olhos da imprensa como grande derrotado nas próximas eleições (a ver vamos se esta não se engana como enganou aquando da vitória de George W. Bush), e faz um esforço de quantificar a grande maioria dos objectivos, os restantes partidos, PCP e PS, não foram ainda capazes de explicar quanto custarão aos portugueses as ideias que se propõem implementar. Em segundo lugar, porque apesar de todo o trabalho efectuado, os dirigentes políticos perdem mais tempo em tricas partidárias, num discurso de estilo muitas vezes duvidoso e desonesto intelectualmente, em lugar de tentarem ser o mais claros possível em relação aos seus projectos, num esforço de esclarecimento público que se impõe face às dificuldades que se avizinham.

Os portugueses começam a ficar cansados desta forma de fazer política, e os partidos parece que ainda não compreenderam. Neste capítulo é de louvar a forma como Paulo Portas tem conduzido a sua campanha, introduzindo alguma inovação na forma como dá a conhecer o seu projecto, e as pessoas que o compõem.

Nesta matéria, penso que seria de todo útil que também a nível regional houvesse alguma inovação na forma como os candidatos a deputados se dão a conhecer ao eleitorado. Não basta dizer que se defende os ciclos uninominais e enquanto tal não é uma realidade, nada fazer para aproximar a população algarvia daqueles que nos representarão na Assembleia da República. Seria de todo interessante, por exemplo, haver um debate entre os cabeças de lista candidatos por cada um dos partidos, ouvir as suas ideias para o Algarve, tentar perceber se existem temas sobre os quais é possível haver um entendimento entre grupos parlamentares, quais as suas prioridades para a região, que investimento público pensam ser vital canalizar e para que projectos, são a favor de uma maior descentralização de poderes, ou a favor da criação de uma região piloto. Estes e outros assuntos poderiam dar a conhecer melhor os candidatos e contribuir para que os algarvios ficassem mais esclarecidos. Por outro lado os partidos políticos da região poderiam explicar aos eleitores de que forma vão interagir com as populações durante o seu mandato, se através de páginas de Internet onde serão disponibilizados os trabalhos referentes às comissões parlamentares em que participam, as intervenções feitas, os diplomas apresentados, quantas vezes por mês será possível contactar com eles em gabinetes de apoio criados para o efeito, para onde seriam possível canalizar propostas de projectos ou dar a conhecer problemas existentes.

Face às responsabilidades acrescidas que os deputados têm, enquanto representantes de uma região, era de esperar que o conhecimento que as populações têm da sua actividade fosse bastante superior, e dessa forma, que estes explicassem o que pretendem fazer para minimizar o distanciamento entre estes e os que os elegeram. Os algarvios agradecem e os partidos e seus dirigentes podem recuperar alguma da credibilidade entretanto perdida.

Tiago Torégão
Economista
Jornal do Algarve 03.02.2005

Jornal do Algarve

Comente este artigo

Comentários por HaloScan.com
Tiago Torégão João Nuno Neves Pedro Miguel Ortet Jorge Lami Leal Jorge Moedas Carlos Baía Lara Ferreira Hugo Leonardo Nuno Silva Alexandra Paradinha Paula Rios Pedro Gonçalves Miguel Antunes José Leiria André Botelheiro André Ramos António Ramos Marco Rodrigues Outros