vialgarve                   
vialgarve                                    João Nuno Neves
Navigation Map
e-mail vialgarve

webmaster JNN
O mau cidadão transforma o bom cidadão

O Prof. Cavaco Silva escreveu um excelente e polémico artigo no jornal Expresso de 27.11.2004 intitulado "Os políticos e a lei de Gresham", onde exprimia a sua preocupação sobre a qualidade dos nossos políticos, referindo que "os agentes políticos incompetentes afastam os competentes".

Considero que este princípio do bom afastar o mau é universal e tem diversas aplicações. Veja-se o caso da fruta, onde uma peça podre rapidamente contagia as que estiverem em contacto com ela.

Outra aplicação encontra-se no civismo que cada um de nós transporta. Vejamos alguns exemplos.

Não sei como era possível existir vida antes do telemóvel (A.T.). Será que não havia mensagens urgentes? Problemas com necessidade de acção imediata? Hoje em dia, qualquer deputado, Ministro, alto dirigente de qualquer organismo público ou privado, atende o telemóvel no meio de qualquer reunião de trabalho ou conferência. O pior de tudo é que já o fazem com a maior das naturalidades, tal como respiram. Sem perceberem que estão a incomodar e pouco se importando com isso.

Os mestrandos atendem os telemóveis durante exames de mestrado, os professores recebem chamadas durante as aulas, os médicos são contactados durante as consultas e os alunos enviam e recebem sms's durante as aulas. Se no início eram apenas alguns, hoje é a maioria esmagadora. Não haverá aqui uma paranóia qualquer?

O novo código da estrada deverá entrar em vigor em Março do corrente ano. Valerá a pena ter código da estrada quando, para certas partes do mesmo, não há ninguém que faça cumprir a lei? Uma vez que começaram a escassear os lugares para estacionar, os mais afoitos começaram a estacionar em segunda fila em vez de procurarem lugar mais longe. Os condutores cumpridores começaram a ver que o seu esforço não era recompensado e passaram também a estacionar incorrectamente. Hoje em dia já se estaciona em segunda fila ocupando a entrada para … um lugar vago, uma vez que dá menos trabalho! A Policia já deixou de se preocupar e só actua, penso eu, por queixa de algum lesado.

Como em tudo, não se deve ser fundamentalista. Uma situação é estacionar-se de forma incorrecta mas de forma a não prejudicar os outros, outra situação é estacionar-se de forma incorrecta prejudicando quem por lá passa.

Até há poucos anos, quando alguém estacionava em dupla fila, pedia desculpa ao lesado quando vinha retirar a viatura. Hoje já é uma situação tão natural, que até fica ofendidos se o lesado pede uma satisfação…

Os passeios reservados a peões estão cheios de carros, os peões não conseguem circular nos passeios, em especial se levarem carrinhos de bebé, cadeiras de rodas ou tiverem deficiência visual, por exemplo, estaciona-se no meio da faixa de rodagem, fazendo com uma estrada com duas faixas passe a ter só uma, enfim, tudo é permitido.

Com o tempo, os cumpridores começaram a ver que a balda é que vence e tornaram-se também baldas. A Policia deixou de actuar, passa pelas situações e já nem liga.

Nos supermercados as pessoas "normais" ficam ofendidas quando numa caixa destinada a pessoas com deficiência e grávidas, uma pessoa deficiente ou grávida lhes pede para passar à frente!!! Um dia destes cheguei a ouvir dizer "a senhora está grávida, mas ainda tem a barriga pequena!". Excelente motivo para não dar o lugar a uma grávida… numa caixa para grávidas…

Às vezes até parece que anda meio mundo a tentar enganar o outro meio mundo…

João Nuno C. Arroja Neves
Economista
Jornal do Algarve 06.01.2005

Jornal do Algarve

Comente este artigo

Comentários por HaloScan.com
Tiago Torégão João Nuno Neves Pedro Miguel Ortet Jorge Lami Leal Jorge Moedas Carlos Baía Lara Ferreira Hugo Leonardo Nuno Silva Alexandra Paradinha Paula Rios Pedro Gonçalves Miguel Antunes José Leiria André Botelheiro André Ramos António Ramos Marco Rodrigues Outros