vialgarve                   
vialgarve
Navigation Map
 
e-mail vialgarve

webmaster JNN

 

Google
 
Web vialgarve
Acaba de entrar num espaço de reflexão sobre o Algarve e sobre Portugal.

Somos um grupo de pessoas unidas em torno de um projecto - o Algarve.

O que é a Vialgarve?
Uma equipa multidisciplinar que pretende intervir na sociedade algarvia, quer pela via da opinião escrita, quer pela realização de estudos e organizando debates, mesas redondas e outros eventos que permitam reunir ideias e gerar massa crítica numa região com carência de interventores e de "agitadores" de opinião.

A nossa missão:
Promover o debate de ideias, o estudo e a dinamização de iniciativas em torno do desenvolvimento da região do Algarve, garantindo o pluralismo de opinião.

Onde escrevemos?
Estamos presentes nos mais variados meios de comunicação social. Actualmente estamos presentes no Jornal do Algarve, Jornal Região-Sul, "Postal do Algarve" e "Magazine do Algarve". Também administramos o blog vialgarve.

Quem somos?
Com um breve resumo individual na coluna do lado, somos, em síntese, residentes no Algarve, com as mais variadas origens políticas, académicas e desenvolvendo actividades profissionais em áreas distintas, garantindo uma visão geral e um espírito crítico.

O que queremos?
Influenciar de forma positiva e consubstanciada o desenvolvimento do Algarve.

Como actuamos?
Elaboramos uma Carta de Princípios que nos orienta e dá coerência:

  • Assumimos a VIALGARVE como um grupo informal, colegial, plural, apartidário e não confessional, constituído por residentes na região do Algarve que pretendem contribuir para o seu desenvolvimento. Podem ser convidados a integrar ou participar, outras pessoas consideradas importantes para atingir a missão e os objectivos propostos;

  • A Democracia é o nosso princípio fundamental. É nosso desígnio o aprofundamento da cidadania, designadamente através da participação na sociedade civil;

  • A VIALGARVE é um espaço de ideias que pretende participar na actividade política, devendo sempre ser garantida a independência partidária, ainda que possa participar em convenções, congressos, assembleias e outro tipo de reuniões, desde que com o estatuto de observador ou como convidado, podendo intervir, assegurando a isenção e os restantes princípios estabelecidos na presente carta de princípios;

  • A nossa independência é assegurada pela abertura a pessoas das mais diversas orientações políticas, cabendo à coordenação dos estudos assegurar que os resultados são imparciais e incluem propostas concretas de resolução dos problemas, renunciando à demagogia;

  • Os artigos de opinião publicados pelos membros da VIALGARVE, assinalados como tal, são da sua exclusiva responsabilidade, embora devam garantir o cumprimento desta carta, assim como os objectivos;

  • Utilizar sempre que conveniente e necessário, os direitos constitucionais, designadamente as petições, representações e reclamações sobre assuntos que justifiquem tais acções.

    Quais são os nossos objectivos?
  • Intervir, de forma concertada, pela via da opinião escrita, nas mais diversas áreas da economia regional;

  • Pensar e acompanhar os problemas da região com um todo, dando relevância às zonas mais deprimidas, designadamente as de baixa densidade;

  • Estudar temas de relevância, actualidade e pertinência, promovendo a reflexão junto das mais diversas instituições públicas e privadas do Algarve;

  • Estabelecer um observatório informal de monitorização da acção dos vários partidos políticos presentes na região, assim como de temas, assuntos, constrangimentos ou problemas considerados de interesse;

  • Promover debates nas mais diversas formas;

  • Divulgar directamente as conclusões dos estudos e pontos de vista concertados junto de diversas entidades públicas, da comunicação social e de personalidades da região, assim como dos restantes públicos, através das novas ferramentas tecnológicas;

  • Estudar os programas eleitorais dos partidos, reflectindo sobre o seu conteúdo;

  • Fazer aos vários partidos políticos, nos vários momentos eleitorais, com especial importância para Legislativas e Autárquicas, propostas concretas, consubstanciadas e documentadas.

    Todos os órgãos de informação

    Últimos Artigos

     Nuno Silva - Portimão - Jornal do Algarve (24.08.2006)

     Nuno Silva - Portugal: Ainda um País de Brandos Costumes? - Jornal Região-Sul (23.08.2006)

     João Nuno Neves - E os QCA's que já passaram? - Jornal do Algarve (17.08.2006)

     Jorge Lami Leal - Minas de São Domingos - Jornal Região-Sul (16.08.2006)

     Jorge Lami Leal - Mais um dia... - Jornal do Algarve (10.08.2006)

     Carlos Baía - Novas Oportunidades - Jornal do Algarve (03.08.2006)

     António Ramos - Uma questão de prática … - Jornal Região-Sul (02.08.2006)

     Jorge Lami Leal - Verão que vale a pena - Magazine do Algarve (Agosto de 2006)

     Marco Rodrigues - Cultura no Algarve! - Postal do Algarve (27.07.2006)

     João Nuno Neves - A Univ. Algarve do futuro - Jornal do Algarve (27.07.2006)

     Nuno Silva - Carta Aberta à Minha Professora da Escola Primária - Jornal Região-Sul (26.07.2006)

     Nuno Silva - Unam-se - Jornal do Algarve (20.07.2006)

     Jorge Lami Leal - Quatro décadas - Jornal Região-Sul (12.07.2006)

     Jorge Lami Leal - Reflexos de reflexões irreflectidas… - Jornal do Algarve (06.07.2006)

     António Ramos - A República dos letreiros … - Jornal Região-Sul (05.07.2006)

     João Nuno Neves - O Lóbi Algarvio - Magazine do Algarve (Julho de 2006)

     Nuno Silva - Manifesto Contra a Hipocrisia - Jornal Região-Sul (28.06.2006)

    Assine o Livro de Visitas

    Leitores
    Contador: WebCounter

    criado em 26.07.2001 (vialgarve em 27.12.2003) - última actualização em 27.08.2006

    Estatísticas vialgarve 
    © vialgarve 2005/06 - permitida a reprodução total ou parcial dos artigos desde que indicada a fonte
    Tiago Torégão João Nuno Neves Pedro Miguel Ortet Jorge Lami Leal Jorge Moedas Carlos Baía Lara Ferreira Hugo Leonardo Nuno Silva Alexandra Paradinha Pedro Gonçalves Miguel Antunes António Ramos Marco Rodrigues Alexandre Costa Outros