vialgarve                   
vialgarve                                Carlos Jorge Baía
Navigation Map
e-mail vialgarve

webmaster JNN
PRACE - A reforma há muito esperada

Que a economia do nosso país sofre de graves e variadas maleitas já todos sabemos. Não é de hoje nem de ontem, não é do actual nem do anterior governo que problemas como o défice do Estado, o excesso de endividamento das famílias, o elevado peso da Administração Pública entram pelas nossas casas e vidas adentro através dos vários órgãos de comunicação social. Mas quando aqueles, e outros problemas, se repetem constantemente e ninguém faz nada para os alterar começamos a desconfiar.

E ainda mais quando nós, comuns mortais, pensamos conhecer a solução para alguns desses problemas e que muitas vezes será até simples.

Então, duvidamos, e desvalorizamos as nossas ideias, pois certamente que se as coisas fossem tão simples e óbvias como nós julgamos, alguém com capacidade de decisão já teria certamente pensado nisso e adoptado aquelas medidas, tão simples, e nas quais nós já havíamos pensado.

Mas, provavelmente, a nossa ideia em determinadas matérias, até é exequível e representa muitas vezes uma solução para um problema, solução essa até então não adoptada por falta de arte, engenho ou vontade….

A título de exemplo, incluiria na categoria das soluções há muito identificadas pelo comum mortal, a da reforma da administração pública recentemente (e finalmente) anunciada por um Governo Português, e que se designou por PRACE (Programa de Reforma da Administração Central do Estado), que levará à racionalização e extinção de organismos.

É, por demais evidente a proliferação de estruturas da Administração Pública (organismos, comissões, conselhos, etc..), que têm funções muito semelhantes e por isso passarão a estar integradas após esta reforma, ou que, simplesmente se torna difícil entender a sua razão de existir. Por exemplo, sabiam que existe (e vai ser extinto), o Conselho Nacional de Gastronomia, ou o Instituto de Resíduos que tem coexistido com o Instituto Regular das Águas e Resíduos?

Uma medida desta natureza tem que merecer o nosso aplauso!

É certo, e ainda que nada esteja publicamente divulgado sobre tal, que no final existirá a dispensa de funcionários públicos, qualquer que seja a designação que venha a receber, despedimento, rescisão por mútuo acordo, reforma antecipada, ou qualquer outra. No entanto, na minha opinião, aquela dispensa só vai valorizar os que ficarem, pois Administração Pública tem que passar a ser gerida como uma empresa privada, isto é, com rigor, eficácia e eficiência, e por isso, tal como uma empresa privada, terá que escolher os melhores trabalhadores.

Só é pena que o PRACE não vá mais longe e passe a PRTE (Programa de Reforma da Totalidade do Estado), por forma a que organismos públicos, no caso da Administração Local, como Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, possam também dar o seu contributo para a racionalização de serviços e recursos humanos da Administração Pública, pois também nessa área há muito a fazer.

Carlos Jorge Baia
Gestor de Empresas
Jornal do Algarve 13.04.2006

Jornal do Algarve

Comente este artigo

Comentários por HaloScan.com
Tiago Torégão João Nuno Neves Pedro Miguel Ortet Jorge Lami Leal Jorge Moedas Carlos Baía Lara Ferreira Hugo Leonardo Nuno Silva Alexandra Paradinha Paula Rios Pedro Gonçalves Miguel Antunes José Leiria André Botelheiro André Ramos António Ramos Marco Rodrigues Outros